Vamos falar de Poliamor?
Publicado em: 04/02/2021

Amiga, você já ouviu alguém falar em Poliamor? Antes de começar, é comum que algumas pessoas associem o poliamor com as relações fora do relacionamento mas não é nada disso!!!

Poliamor não tem nada a ver com trair o/a namorado/a, companheiro/a ou marido/esposa. Poliamor é muito mais amplo, tem consentimento e muito sentimento, independente de gênero e orientação afetivo-sexual. Os adeptos do Poliamor se baseiam muito na lealdade entre quem está no relacionamento, nada é escondido.

Para resumir, o é um relacionamento consensual, entre 3 ou mais pessoas. Há vários tipos de Poliamor, entre eles está a Polifidelidade, Trisal, Mono-poli e Acordos Geométricos. Em todas as formas de Poliamor, há sempre muito respeito e tudo é bem combinado. Não há relação fora do grupo de pessoas que participam daquela relação, mas nem sempre todos transam com todos. Em alguns casos uma pessoa namora outras duas, mas essas duas não tem relação entre si, esse é um exemplo de um acordo geométrico V.

Também é legal lembrar que fazendo sexo com todos da relação ou não, há sempre um laço afetivo entre as partes envolvidas, diferente de um relacionamento aberto, em que uma terceira pessoa entra apenas para satisfazer um desejo sexual e após isso o casal continua sua vida a dois normalmente, sem criar laço algum com essa terceira pessoa.

 

E qual a diferença entre Poliamor e Poligamia?

Poliamor e poligamia são palavras parecidas, mas com significados bem diferentes! O poliamor é praticado por pessoas de ambos os gêneros, independente da identidade sexual. Nessa relação rola afeto, carinho e lealdade.

Já a Poligamia, normalmente aceita em alguns países, é unilateral, só uma das partes envolvidas pode se casar com diversas pessoas, e normalmente, onde a poligamia é aceita, isso só pode ser feito por homens. Em geral a poligamia costuma acontecer em sociedades marcadas por serem mais machistas, em que as mulheres têm um papel secundário na sociedade. Além disso, essa prática, muitas vezes, tem cunho religioso bem forte.

 

 

Hum, entendi, e não rola ciúmes?

Como em qualquer relacionamento, seja afetivo, monogâmico, fraternal, quem não sente uma pitadinha de ciúmes?! É preciso controlar o ciúme para não deixá-lo crescer, por isso é necessário ter muita abertura para conversar sobre o que está incomodando e ir acertando a relação, seja ela qual for!!!

 

 

Tá, mas e o Sexo?

Ah o sexo! Sempre é bom!!! No poliamor todos participam ou muitas vezes ele acontece entre duas pessoas da relação… Poliamor não é sinônimo de orgias, sexo sem compromisso ou até mesmo swing.

E de sexo a gente entende né?! Quando falamos de sexo sempre da pra apimentar com géis, plugs, vibradores. O importante em qualquer relação é ter a liberdade de fazer o que gosta na cama!

 

 

Fontes:

https://sexosemduvida.com/poliamor/
https://juliaabagge.jusbrasil.com.br/artigos/289614350/poligamia-ou-poliamor
https://www.minhavida.com.br/bem-estar/tudo-sobre/36865-poliamor

0 comentários

0 comentários

INSTITUCIONAL

CONTATO

direct@semvergonhaz.com.br 

CNPJ: 29.773.800/0001-27

SE INSCREVA NA NOSSA NEWSLETTER

NÃO PERCA A OPORTUNIDADE DE RECEBER NOSSAS NOVIDADES NA SUA INBOX

Cadastro efetuado com sucesso!